Comer carne pode destruir a raça humana

Consumo de carne por pessoa no mundo

Segundo estimativas do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados (Sindicarnes), cada brasileiro come, em média, por ano, cerca de 36kg de carne vermelha – cinco quilos abaixo do que era registrado há dez anos e bem abaixo dos 54kg na Argentina e 50kg no Uruguai.

Por estes dados, um homem adulto consome durante toda a sua vida (estimativa de 80 anos) 2.880 quilos de carne. Ou seja, cada pessoa em sua vida come, literalmente quase 6 bois inteiros!

Meu papel ao escrever esta matéria não é o de “Eco-chato”, de policiar se quem come carne está certo ou errado. A questão é infinitamente superior a esta.  O consumo de carne está acima das tradições culturais e dos hábitos aprofundados de consumo de carne de cada humano no planeta Terra. A questão é que o consumo de carne pode ajudar a destruir o planeta mais rapidamente. Não precisamos ir muito longe. O agronegócio no Brasil está passando o trator em cima de bilhões e bilhões de metros quadrados de mata virgem para abrir espaço para que os grandes rebanhos possam sobreviver, antes de serem mortos. Eles serão mortos pelos humanos, porque estes humanos vão ganhar muito dinheiro para que outros humanos consumam estes cadáveres e morram. Ou seja, em nome do dinheiro, o planeta Terra consome carne bovina porque quanto mais consumo existir, mais produção vamos ter. E para ter mais produção, será necessário destruir cada vez matas nativas. Cria-se um circulo vicioso e mortal. Sem matas, o planeta esquenta. O clima como um todo fica imprevisível e sem controle. O controle ambiental de doenças e pragas fica também incontrolável. Os sintomas deste descontrole generalizado no planeta pôde ser observado por todos na ultima década. Seca, chuva, terremotos e furacões apareceram como os grandes vilões da natureza no mundo todo. Destruindo o meio ambiente para alimentar rebanhos bovinos, teremos cada vez mais menos chuva, e conseqüentemente menos água. sem água, a raça humana não sobreviverá.

Voltando as contas. Se cada cidadão consome em média 6 bois inteiros em uma vida inteira, significa que os humanos consumiram algo em torno 36 bilhões de seres bovinos nos últimos 80 anos. O aspecto sinistro desta mortandade pode ser observado neste comentário do Comando Uraniano na Terra:

“Humanos matam para comer. Uranianos não matam. Nem para comer e nem para coisa alguma. Sabemos nos defender de ameaças bélicas, é verdade. Mas jamais matamos para comer porque comer outro ser para nós significa o aspecto maior da irracionalidade que vocês dizem ser típico dos animais. O animal morto para nós significa motivo de dor e não compreendemos uma civilização avançada que produz dejetos provenientes de carne de animais

Comando Uraniano na Terra

 

mortos. Um animal que morre estabelece uma ligação de dor com aquele que se alimenta daquele animal e nunca se livrará da dor do animal que foi ingerido. A energia daquele animal circulará por suas veias e órgãos até que seja absorvida totalmente por seu organismo, que um dia, perecerá na dor. Nós uranianos nos alimentamos de nutrientes existentes em nossa atmosfera e de compostos salutares que reúnem minerais básicos a nossa constituição física. Não nos alimentamos de nada que tenha sangue de nenhuma espécie, mesmo que estejamos em missões fora de nossos limites físicos e planetários. Somos quase não alimentáveis, podemos dizer assim, porque transformamos matérias não visíveis aos olhos humanos em matérias que nutrem nosso sistema funcional. Somos rígidos e fortes, mas nem por isso somos autorizados a ter que matar para comer. Isso não existe em nossa civilização e recomendamos a todos os uranianos que estão em corpos não uranianos, na Terra e em outros globos, que se abstenham de usar a carne e recursos que venham da materialidade animal para se alimentarem. Sabemos que em muitos mundos,

Mais de 500 páginas sobre o mundo uraniano

 

principalmente na Terra, muitos desejam libertar-se dos hábitos selvagens de matança animal para nascer para um novo mundo. Mas poucos conseguem libertar-se da materialidade do alimento animal porque seus corpos precisam de muitos elementos minerais e protéicos encontrados nestas matrizes de origem animal. Ora, nós conhecemos bem particularmente a estrutura física dos corpos terrestres e compreendemos que isso não é mais necessário devido à evolução que estes corpos tiveram ao sobreviver milhares de anos em condições adversas. Humanos encontrarão fontes ricas de abastecimento celular em matrizes orgânicas de fácil acesso e com isso, se desligarão da matança de animais de sangue quente por simplesmente não precisarem mais deste tipo de energia. Nós não sabemos o que acontece com vocês no momento em que estão quase rompendo o limite da terceira dimensão para a quarta. Só sabemos que isso tudo que viveram até hoje não contribui para que vocês possam entrar na quarta dimensão. Não veremos um homem macaco com um osso de animal entre os dentes na quarta dimensão. Isso vocês podem ter certeza. Mas queremos encontrar um humano intergaláctico que respeita as diferenças dos reinos que terá de conviver daqui para frente. Reinos onde não se derrama sangue para se alimentar. Reinos onde se derrama amor para poder entrar”.

Anúncios

23 thoughts on “Comer carne pode destruir a raça humana

  1. M E IDENTIFIQUEI COM MUITOS DEPOIMENTOS AQUI, TENHO 31 ANOS E NAO COMO CARNE HA 22 ANOS, NA VERDADE NUNCA GOSTEI MAIS MEUS PAIS POR IGNORANCIA ME OBRIGAVAM A COMER.
    NAO TENHO NEM PALAVRAS PARA EXPRESSAR A TRISTEZA QUE SINTO DE VER TANTA CRUELDADE TANTA INDIFERENÇA EM RELAÇAO AOS ANIMAIS, SAO SERES INDEFESOS DE CARNE E OSSO COMO NOS, SENTEM FOME, FRIO,MEDO, SAO SERES VIVOS E MERECEM TODO NOSSO CARINHO E RESPEITO!!! NAO TEMOS O DIREITO DE TIRAR VIDAS, VIDAS INOCENTES, AMO TODOS OS ANIMAIS, MAIS EM ESPECIAL OS QUE SAO BRUTALMENTE ASSASSINADOS COMO BOI, VACAS, PORCOS, AVES ETC……
    UM DIA DEUS VIRA E PEDIRA CONTAS POR TANTO SANGUE DERRAMADO!!!
    HA NAO PODEMOS ESQUECER DE OUTRAS FORMAS DE CRUELDADE COMO; FARRA DO BOI, VAQUEJADA, TOURADAS, RODEIOS, CIRCOS E POR AI VAI!! ISSO TEM QUE ACABAR, CHEGA DE LUCRAR EM CIMA DO SOFRIMENTO DOS NOSSOS INDEFESOS ANIMAIS, CHEGA!!!

  2. EU CARNIVORO POR QUASE 50 ANOS PAREI PRA PENSAR E IMEDIATAMENTE ABANDONEI A CARNE VERMELHA.
    NÃO QUERO MAIS COLABORAR COM ESTA MATANÇA SEM LIMITES.
    FIZ MINHA HORTA E RETIRO TODOS OS DIAS VERDURAS E LEGUMES SAUDAVEIS. ACHO QUE É UMA QUESTÃO DE EVOLUÇAO,
    ERRAR É HUMANO PERSISTIR NO ERRO É DIABÓLICO.
    CARNE VERMELHA É COMIDA DE REPTILIANO. TÕ FORA !..

  3. Maria Aparecida, olá, (gostaria q outros tb lessem)

    Tb me angustia mto tudo isso… No início (fazem 2 anos) qndo tive coragem de saber mais sobre vegetarianismo e descobri q n bastava apenas deixar as carnes, pq os derivados tb eram frutos de crueldade, eu qse enlouqueci de tanta tristeza e o pior, ver de muitos o desdém pela causa, como se os problemas humanos fossem ser resolvidos dando as costas para os animais, como se se importar com animais significasse não se importar ou odiar humanos, como se quem deixa de ajudar um animal estivesse fazendo isso para ajudar um humano (se fosse assim eu nem ficaria chateada, pq ao menos a pessoa estaria fazendo algo), mas a maioria n faz nada e ainda reclama de quem tem outras causas pq as consideram inúteis. Na verdade acho que quem tem sensibilidade de verdade, tem compaixão com todos os seres q padecem de dor, independente da espécie… Foi esse mesmo preconceito que um dia fez o homem se achar no direito de escravizar negros, índios e outras etnias distintas dos que dominavam… Hj é fácil achar essa comparação um absurdo (escravos e animais), queria ver achar isso naquela época, onde quem era contra a escravidão q era o louco.

    N sei como me sentir totalmente feliz sabendo q há tanta crueldade nesse mundo… Seja com humanos ou com animais, mas o problema dos animais é que nada podem fazer pra mudar sua situação, dependem apenas de nós e sabendo que a maioria não se importa… Dói essa realidade. To meio maluca sabendo de tanta crueldade com os animais de estimação tb, principalmente cães e gatos, peço a todos: Não comprem animais! Se realmente os amam… Adotem! Pois enquanto se gasta uma fortuna em um de raça, vários estão abandonados pelas ruas, vários estão em cczs (mtos q n conseguem adoção são mortos), vários estão em abrigos q em maioria estão lotados n sendo de forma alguma um lugar como um lar, pois são muitos animais concentrados em um mesmo lugar, mtos tem q ficar amarrados, ficam amontoados e não tem nem como terem a mesma atenção que um que é adotado…. Não tenho nada contra os de raça, até pq até eles são abandonados, mas sou contra o comércio e essa supervalorização de raças, que ajuda muito no preconceito contra os sem raça definida, que são os que mais estão nas ruas e são rejeitados pelo fato de não serem “tão bonitos qnto os de raça” (pra mim todos são lindos), sendo facilmente enxotados até mesmo por aqueles q tem cães (geralmente os de raça).

    Não sei como tirar essa angústia, tenho alguns animais adotados, mas justamente por n poder ficar pegando todos q aparecem aqui (se n n terei mais vida e a qualidade de vidas deles tb uma hora irá cair, pois além dos gastos tem o trabalho e a questão dos vizinhos q se incomodam…), então fico muito triste e com vontade de sumir, queria me envolver mais até com a causa, mas n estou sabendo lidar com o lado emocional q fica desgastado com tanta coisa ruim… Não é fácil viver neste mundo… Mas quero me recompor e ajudar de várias maneiras, principalmente na conscientização, isso q é o mais importante para que esse hábito de abandono e descaso acabe.

    Bom trabalho esse de divulgar a verdade, não espero que todos se tornem vegetarianos/veganos, mas que ao menos saibam a verdade, respeitem esta linda atitude e tenham consciência de seus atos. Parabéns ao Fabio.

  4. obs: Olá, estou postando novamente a mesma pergunta de outro texto apenas para que as pessoas que se interessam pelo assunto tb tenham acesso a esta informação.

    Eu sou vegana (vegetariana estrita) e queria saber por que comer outras carnes é menos pior, já que os outros animais como porcos, peixes e aves (na sistema industrial são tratados de maneira tão cruel qnto os bois ) tb são passíveis de dor e sofrimento (até pq possuem sistema nervoso)?
    Gostaria que vissem o documentário “A carne é fraca” (é do instituto Nina Rosa e facilmente encontrado no Youtube) onde é mostrada a realidade da indústria alimentícia que se baseia no consumo e criação de animais e toda a problemática que essa atitude engloba, vai desde a crueldade com os animais, passando por problemas ecológicos, até o problema da fome mundial. A produção de leite e ovos é tão, ou mais cruél até que o abate em si, até pq os animais q geram esses produtos tb serão posteriormente, em outro momento, abatidos. Este documentário explica tudo de maneira muito clara, vale a pena ver.
    Obrigada

    1. Mariana, você tem razão.
      O Comando Uraniano recomenda que se dê inicio com a carne vermelha, que é o primeiro grande passo.
      No livro ” A Grande Sabotagem Reptiliana”, o Comandante Vitzo alerta sobre o consumo de qualquer tipo de carne.
      Para quem consumiu carne a vida inteira, realmente é um grande passo dentro do processo. Não adianta parar radicalmente
      sem entender o quanto é prejudicial para sua própria vida o consumo da carne animal.
      Eu conheço este vídeo e todos deveriam assistir, porque ele mostra mais uma realidade oculta dos olhos dos humanos.
      Volte sempre!

  5. Fábio,
    Deixei de comer carne e branca também mas infelizmente de vez em quando ainda como peixe e tomo leite mas pretendo deixar de come-los derivados de animais também não como mais (salsicha, baycon, linguiça, etc)
    Depois que conheci a vida de nossos animais e como os mesmos são tratados me tornei uma pessoa extremamente triste e choro todos os dias e o que me confortou com suas palavras é que um dia pagaremos porisso e pela matança de nossos animais mas o que mais me intristece é que o ser humano jamais deixará de consumir carne e nem se quer saber como são mortos nossos animais.

      1. Fábio o que faço para amenizar esta angustia que sinto e esta vontade de chorar sem parar? acho que estou ficando maluca. Onde escontro este livro “Carne. Comida de reptilianos”.
        Por favor pode me ajudar?

        1. cida desencarna!…sai dessa !..
          o que passou passou, viva o presente !..
          hoje voce é uma pessoa muito melhor do que era antes,
          eu tambem contribui no passado com esta matança
          hoje graças a deus e a pessoas como voce eu despertei
          e vejo o mundo com outros olhos.
          deus te abençoe hoje e sempre e traga paz ao seu coração.
          Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.
          (Chico Xavier)

  6. Pois é Del, estive pesquisando sobre as causas em comer carne ao corpo humano. Ela possui bastante proteinas e vitaminas necessárias ao funcionamento do corpo, mas podemos achar as mesmas em cereais, frutas e legumes.

    Existe o lado negativo, que sao as substâncias liberadas pelo animal na hora do desespero em ser abatido, como a Cris me disse, eles liberam adrenalina no sangue e isto depois é absorvido pelo nosso corpo, como todos sabem a adrenalina causa uma certa dependência em consumir-la. Talvez por isso quando nao comemos carne por um tempo, nos sentimos “fracos” ou que falta algo. Além do campo energético do animal morto que fica na carne, a energia de desespero, angústia e agressividade.

    Pensando friamente com a ‘mente uraniana’, da nojo ver cadáveres esperando para serem devorados por predadores humanos.

    Estou deixando de comer carne pouco aos poucos, no momento estou na carne branca, mas futuramente quero parar de comer qualquer tipo de carne. Nao acho necessário eliminar ovos e leite, isto depende de cada um.

    SU !

    1. É verdade Juliano.
      Estou trabalhando em um novo livro com os Uranianos, onde eles explicam porque a sociedade humana anda depressiva.
      Muito disso tudo se deve a alimentação.
      Espero terminar este novo livro até Junho, no máximo.

      SU!

  7. Gostaria de saber se seus livros ,podem ser doados a Biblioteca da Federação Espirita do Estado de São Paulo, Rua Maria Paula, 3°andar , para pessoas que não podem adquirí-los , e também saber se esta a venda na livraria Cultura

    Muita Paz, agradeçendo a atenção

    Ricardo

    1. Olá Ricardo.
      Da minha parte, sem nenhum problema doar.
      Só não sei se eles aceitam, pois meus livros não são espíritas.
      Meus livros só estão disponíveis em dois sites de venda.
      É só clicar na capa de algum deles para conhecer o serviço dos sites, que é muito bom.

      Abraço!

  8. Nossa as palavras do comandante me deixaram triste,eu achava que havia dado um grande passo deixando de ingerir carne vermelha no entanto ainda consumo carne branca e produtos de origem animal afinal eles estão em quase tudo hoje em dia.É errado sei disso,mas é tão difícil deixar de uma vez por todas.Meu bebê tem 7 meses nuca ingeriu nem vai ingerir carne,pelo menos enquanto estiver comigo rsrs…
    Abração e muita luz meu amigo.

    1. Veja Nina.
      A ingestão da carne depende de cada um, das necessidades de cada um.
      As opiniões do Capitão Vitzo e dos outros uranianos são dadas apenas para nos alertar do mal que isso significa.
      Cada um deve mudar ou não, ao seu tempo.
      E de forma equilibrada.

      Muita Luz amiga!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s