Aviões a 9.000 km por hora? É provável.

“Suas aeronaves também vão mudar. O sistema que vocês usam de propulsão é velho e demorado. A queima de combustível para empurrar uma turbina é tão antiquada, que vocês ficariam com vergonha ao ver como nossa nave se deslocava em pleno ar 500 mil anos atrás. A queima de substâncias fósseis vai levar o planeta Terra à exaustão. O aquecimento da atmosfera feito por um avião que leva 200 passageiros equivale a uma caldeira de 500 toneladas ligada no máximo dia e noite por 36 horas. Agora multiplique isso por 20.000 aeronaves. Multiplique por 100 mil aeronaves. Quantas aeronaves vocês têm em todo o planeta? Agora junte tudo isso aos carros, que equivalem a pequenas chaminés móveis jogando gás carbônico na atmosfera todo o tempo, por 100 anos. Percebem que vocês vão ter que mudar? Suas naves vão passar inicialmente por um misto de propulsão a eletrocinética, ou seja, vão passar a interagir com ondas eletromagnéticas que existem no ar de todo o planeta e através de transformadores de energia vão captar estes raios da atmosfera e transmutá-los em ondas contrárias, ou seja, ela capta a energia do ar e ao mesmo tempo as expulsa, só que de forma antagônica e modificada. Para isso, as naves terão de ser feitas de matéria ultraleve e forrada de sensores magnéticos que, como ímãs, vão atrair o combustível eletromagnético farto em sua atmosfera. Com naves mais leves e movidas praticamente a ar, sua velocidade deve pular em um primeiro momento dos habituais 900 km dos aviões comerciais para 9000 km por hora.”

Saiba mais lendo o “Livro dos Uranianos”

Anúncios

6 thoughts on “Aviões a 9.000 km por hora? É provável.

  1. Eu adoro voar de aviao, nao sinto medo.

    Nunca me esqueço quando eu tinha uns 3 ou 4 anos de idade ficava pulando do sofá querendo voar e ficava desapontado por nao poder, era uma teimosia com minha mae, em que eu dizia que podia voar, me lembro muito bem da choradeira que fiz por cair na real que nao podia fazer isso.

    Nesta dimensao que estamos chegar a 9.000 km/h seria quase impossível, pois gastaria muito combustivel, e os efeitos causados no corpo humano seriam desastrosos. O aviao Concorde foi um exemplo disso, alcançava a 2.000 km/h e tinha um custo muito grande, além de falhas tecnicas constantes causados pelo efeito do Estrondo Sônico (Sonic Boom) por causa do atrito com o ar.

    Somente um aparelho muito mais sofisticado que use o magnetismo da Terra anulando a gravidade envolta da nave para poder deslocar a 9.000 km/h sem causar danos a estrutura do aparelho e a tripulaçao. Nossa dimensao 3D dificulta muito as coisas, a quarta e quinta dimensoes nao suportara os atuais modelos de aeronaves e seremos obrigados a mudar o sistema de propulsao dos aparatos voadores se adecuando as dimensoes mais sutis.

  2. Eu gosto muito de naves. Já sonhei há uns 11 anos atrás estando em uma nave com um ser que não estava só e ambos tinham aparência humana. Ultimamente vem na minha mente uma nítida sensação de ter estado em naves. Vai ser muito bom quando esse tempo chegar. Viver em uma Nova Terra participando da vida interplanetária como os irmãos uranianos estão nos informando.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s