Não gostam de tragédias? Lamento.

Saiba o que nunca foi dito ao povo brasileiro

“Quando o homem moderno começou a se intrometer no sistema da Terra, começou também a alterar todo o sistema natural que antes o protegia. O homem, antes da era moderna, já causava mal ao planeta. Mas o planeta conseguia se recuperar a tempo. Depois da era moderna, onde as indústrias passaram a ser o câncer da Terra, o planeta entrou em depressão. O sistema terrestre como um todo foi afetado pelo sistema que o homem inventou, para que pudesse consumir mais, ter mais conforto e menos saúde. O sistema foi aprimorado com o passar dos anos, e ele foi destruindo grande parte da natureza terrestre.  Ao destruir a natureza terrestre, ele estava destruindo sua conexão com o Todo universal, porque a natureza é o representante do Todo na Terra. Ao romper lentamente com o Todo, a Terra ficou só. Ilhada entre centenas e centenas de bilhões de planetas que compõe o Todo universal. Ao isolar a Terra, determinou ao ser vivo planetário que seus dias estavam contados. Ocorre que isso gerou forte depressão ao planeta. A Terra, como vocês dizem, é um ser vivo. Ao produzir veneno suficiente para vocês durante anos a fio, produziram também veneno suficiente para matar a Terra em pouquíssimo tempo.

Criaram o desajuste, o desequilíbrio. Geraram a depressão terrestre. O desequilíbrio constante em suas matas, sendo destruídas no calar das noites e no despertar dos dias, está gerando todo tipo de reação de desequilíbrio. Suas matas pegam fogo, o terreno fica árido. Sem matas, seus rios não recebem a grandeza das chuvas e eles secarão. Sem rios e sem água, o homem não sobreviverá. Porque toda a civilização humana foi criada ao redor de um rio, que abastece vidas, e produz riquezas. Sem matas, a vida vegetal e animal entram em colapso, perdendo a proteção e o equilíbrio necessários para que um paraíso não se transforme em lodo e morte. Vocês parecem não perceber, mas a intromissão do homem com a chamada revolução industrial no sistema de equilíbrio da Terra, personificou a desgraça em que vivem hoje.

Se vocês alteraram o sistema de vida de um planeta, é porque alteraram seu próprio sistema de vida. Esta alteração os levou para um lugar pior. O sentimento de depressão que existe em todo o planeta está impregnado em todas as vidas da Terra. Você está percebendo que o homem, ao comer um animal vivo para sobreviver, lá no passado bem remoto, perseguia a presa. Mas não sabia que no futuro, seria ele mesmo a própria presa, perseguida por sua visão destrutiva de futuro a custa de outros seres vivos. A industrialização sacramentou que todos os seres do Reino Animal seriam mortos. E os que fossem salvos para reproduzir, também seriam mortos um dia. A idéia de matar foi se espalhando pela sociedade de tal forma, que hoje o homem moderno mata o próprio homem em larga escala, assim como mata os animais.” (Trecho de “A Grande Sabotagem Reptiliana”) 

Anúncios

14 thoughts on “Não gostam de tragédias? Lamento.

  1. Pois é. Eu aqui do meu lado Marcelo, tenho cada vez mais me desacostumado a falar a palavra “Deus”, porque ela está longe, muito longe de representar o Todo. Os americanos chamam de “A Fonte”, é mais bonitinho, mas também para mim a terminologia não chega lá.
    Os Ets usam “O Todo” e acho que é o mais correto quando você já vive uma vida sem qualquer tipo de dogma. Vitzo comenta em “300 perguntas” sobre isso. Ele não se importa que chamem de Deus. Eu também não,mas não é o correto.

    Abs

    1. Fico feliz Marcelo.
      Algumas pessoas ficam incomodadas :”Mas como. Você está afirmando que Deus não existe? Você é ateu?”
      Esta é a reação natural de quem não leu e não gostou …rssss
      As pessoas esclarecidas como você, entendem a boa vontade de Vitzo em tentar explicar o que na verdade é Deus.
      Mas para entender profundamente, você precisa olhar fora da Matrix, e levar a sério suas observações pessoais quanto ao “será que Deus como me contam desde criança, existe?”
      A personificação de Deus como um grande ser, não define o que ele é, porque não temos capacidade para entender e aceitar um Deus, vários deuses ou o Todo, que é como os seres do universo (sim, existe vida no universo).Tem muita gente que chama Jesus de Deus, e ele realmente era (um construtor de planetas, segundo a fonte uraniana).Eu particularmente sou como você, uso a expressão Deus no dia a dia, como a grande maioria. Mas agora eu sinto o que é Deus, porque sei que ele é o Todo.E o que ele realmente representa para um ser universal, para um habitante do universo.
      Não precisei de nenhuma religião com bases nefastas para me explicar isso.
      Enfim,este é só mais um comentário para constar entre os tantos que nós já fizemos por aqui.

      Saudações Uranianas!

    1. Não esperava mesmo Marcelo.Sabe que os uranianos tem algo muito forte com os orientais? A nave 1 caiu lá no Japão, e os 4 ocupantes se reencontraram depois de vários processos reencarnatorios lá também, como engenheiros ligados a exploração de petróleo. Bem, esta é uma outra história, que conte em “O Livro dos Uranianos”. Mas acionar gatilhos é a função do meu trabalho com os amigos azuis e de outras regiões do universo. Como você tem uma mente muito desperta, entrou na conexão!

      1. Sim, as coisas vão se interligando Marcelo.
        Observe que a globalização (nome criado pela classe reptiliana dominante) para fazer com que você coma algo de uma região que você não deveria estar comendo, e que pode estar contaminada de alguma forma, vai de encontro a este pensamento que você citou, sobre comer algo do lugar de onde você está.
        O meu lado cosmopolita e publicitário adora estas novidades. Oba! King Crab da Noruega!
        Minha consciência uraniana pede para eu tomar cuidado.

        Bom, ao escrever e pesquisar junto com Vitzo tantos aspectos podres da nossa alimentação, depois que estudos internacionais comprovam que existem mais de 60 metais pesados em papinhas de crianças, e que a lei está fazendo vista grossa para isso, eu entendi que a grande sabotagem reptiliana começa na alimentação. Se envenenam o primeiro alimento de uma criança, é porque não querem que ela passe dos 80 anos, se chegar a tanto. E pior. Pesquisas apontam que o leite materno já está contaminados pelos
        mesmos metais pesados.
        Então, é com tristeza que comunico a todos (por isso escrevo livros!) que estamos sendo envenenados pelos homens répteis antes mesmo de nascermos.A anti raça humana, como diz o Dr. Ernesto Bono, atua de forma organizada e militarmente.

        Coisa que os bons não fazem, porque acreditam que um Deus irá nos salvar!

  2. Enquanto conversam sobre a novela das 21h, se preocupam em não repetir uma mesma roupa, pensam em ter cada vez mais dinheiro para consumir mais e mais, se discriminam entre si, e coisas do tipo, bilhares de animais são mortos pelos humanos (seja por diversão, dinheiro, ou “necessidade” de ter um estoque de cadáveres para comer).
    Os animais também são e sempre farão parte de minha Família, que é infinitna. Eu tenho orgulho disso e questão de dizer isso.
    O planeta Terra pertence apenas ao planeta Terra. A Natureza pertence apenas a Natureza. Os animais pertencem apenas a si mesmos. Aliás, cada ser pertence apenas a si mesmo. Mas, ainda assim, os humanos mataram e ainda matam o planeta, a Natureza, os animais (e outros não-humanos), uns aos outros, e a si mesmos. Todas as cidades eram Natureza pura e limpa, lar não só de humanos. A História da humanidade é feita de sangue e de guerras. E etc, etc de ruim… Esses fatos são fatos, gostem ou não, saibam ou não. E já está mais que na hora de isso acabar, de isso mudar. E pra isso depende de TODOS, não só dos governos que mentem e só pensam em si mesmos ou de organizações que só querem dinheiro. Depende de todos, porque a culpa – diariamente – é de todos.

    Eu tinha que escrever essas palavras aqui, ainda mais neste post. Obrigada.
    PS: Desculpa estar escrevendo muito aqui, mas não perderei nenhuma oportunidade de ajudar (o planeta, a Natureza, os animais, e não-humanos), mesmo que seja apenas com palavras em um blog. Puxa, espero (o mais rápido possível) ajudá-los não só pela internet e não só com palavras, mas sim com atitudes (fora da internet). Tchau.

  3. “O mesmo ar que eu respiro agora é o mesmo ar que toca vários seres e várias criaturas neste planeta e em qualquer lugar do Universo e em qualquer dimensão que tenham ar. Assim como a água, a terra, o fogo.”

    “Independente do que acreditam, do que saibam, e independente de tudo e de todos, é a existência que conecta todos e tudo à todos e à tudo. Ou seja, é a nossa existência que nos conecta (a imaginação é apenas um portal).”

    “Eu não acho nada legal quererem dizer o que sou, o que existe e o que não existe, ou coisas do tipo. Pois tudo é infinito, todos são infinitos, e cada ser também é infinito por si só. Mas, de qualquer forma, se algo não existisse, não existiria (ou seja, nunca saberíamos de tal). E quanto a dizerem o que sou ou o que não sou: não sabem de onve vim, não viveram comigo antes desta minha atual encarnação, e o que apenas enchergam é este meu corpo físico temporário (que nem é o meu verdadeiro).”

    “Cada pedacinho do céu que se pode olhar, independente de onde esteja, além dele há um Universo infinito, e nele, há seres infinitos, criaturas infinitas, lugares infinitos, e… etc. Dá até para imaginar alguns (até já imaginaram).”

    Esses meus pensamentos que aqui escrevi nasceram comigo e floresceram de acordo com o tempo. E mesmo estando neste corpo humano eu me sinto e sei que sou livre! Mas livre de verdade, como quase nenhum humano é ou se sente hoje. Claro, ainda há muito pela frente (para viver, aprender, errar, acertar, conhecer, e etc)! Enfim, me deu vontade de escrever essas coisas aqui (depois de ter escrito o que escrevi sobre mim). E, puxa, me sinto feliz de poder escrever todas estas coisas que escrevi aqui e pra você, um despertado como eu. E claro, escrever para meus irmãos uranianos também. Muito obrigada por tudo. Desejo todo o bem verdadeiro para tudo e para todos. Até logo.

  4. Oi (de novo). Obrigada por suas palavras. Mas estou a escrever novamente aqui para você por isso:
    Eu não sou humana. Apenas este meu corpo físico temporário é humano. Sempre (desde que eu me lembre) fui diferente dos outros, assim como meus pensamentos, meus sonhos, e minhas falas. Sei coisas que os humanos não sabem e coisas em que eles não acreditam. Sei que tudo e todos existem em algum lugar (incluindo lugares, seres, e etc que nunca iremos imaginar), pois o Universo é infinito (com seus planetas, galáxias, e etc infinitos) e o além dele também é (dimensões infinitas, e etc). Durante estes apenas 18 anos terrestres que estou encarnada neste corpo humano neste planeta, eu passei por muitas coisas, boas e bem ruins, e todas estas me levaram a me lembrar conhecimentos, o que eu sou, de onde venho, e etc. Tais coisas que eu ansiava por respostas e confirmação. Dentro desta minha “jornada” para responder minhas perguntas por mim mesma, eu já achei que era louca, que tudo era mentira, “concertei” algumas das minhas verdades, etc. Tenho provas, mesmo que só sirvam pra mim, sobre todas as minhas verdades. Aliás, algumas destas verdades são: não sou humana mesmo, sou uma criatura da Natureza e da Magia (me lembro um pouco de minha verdadeira aparência, das minhas habilidades), meu lar não é um planeta, meu lar é a dimensão da Natureza e da Magia (me lembro de lá e de viver lá), onde habito com alguns dos seres que também são da Natureza e da Magia (os humanos os conhecem pelos nomes: fadas, elfos, dragões, e etc),e etc.
    Minha família é infinita: A Magia, a Natureza, o Universo, alienígenas (como os humanos os chamam), criaturas místicas, seres mágicos, e etc!
    E etc, etc, etc.

    Enfim, por mais que este meu depoimento sobre mim pareça “fantasioso” (até mesmo para você) ou “distorções de verdades”, eu não me importo, pois apenas escrevi aqui (para você e para os uranianos) porque eu li os primeiros capítulos (pela internet) do seu livro “Estrelas que vigiam” e amei a mensagem deixada: “Nós estamos aqui, nós existimos.”, e tal mensagem me ajudou a responder o que eu me perguntava: “escrever ou não aqui a verdade sobre mim, mesmo que sejam em poucas palavras e pouca coisa”. Bom, a resposta é este meu recado que estou acabando de escrever.

    Obrigada por estes seus trabalhos (seus livros, sites, blogs, etc) e pela atenção. E estarei novamente entrando nesta página aguardando seu recado sincero.

  5. Oi. (escrevi este mesmo “recado” para você nesta página sua: http://portalmundoinvisivel.wordpress.com/2011/12/08/alex-collier-esta-cansado-eu-tambem/ , mas pode responder só em uma. rs)
    Eu tenho 18 anos pelo “tempo dos humanos” neste planeta, estou acordada (sei que sabe o que quero dizer). Mas posso afirmar que desde que eu me lembre, sempre estive acordada. Eu não nasci pra “estudar-trabalhar-consumir-morrer”, eu sei e sinto isso (sempre soube e sempre senti). Enfim, desisti de tentar acordar os humanos, cansei. Mas para o que eu nasci neste planeta justamente neste tempo eu nunca vou me deixar desistir nem cansar: ajudar a salvar a Natureza deste planeta, este planeta e seus habitantes não-humanos! Este meu objetivo além de ser o que eu sei e sinto que nasci pra fazer, faz parte do que eu verdadeiramente sou muito além deste meu corpo humano temporário. Enfim, você deve saber um pouco de como, puxa, do quanto é difícil… tudo isso.
    “Escrever livros, blogs, artigos, empregos humanos, grupos, vídeos” acho que não são coisas que também devo fazer para meu objetivo,pois já há e sempre houve bastante tais coisas feitas por tais pessoas (e até mesmos por outros seres). Então… não sei o que fazer… não sei. Mas alguma parte de mim acha que devo fazer alguma coisa agora mesmo, mesmo sabendo que “não é assim, o mundo não vai acabar amanhã ou a guerra não vai ser amanhã” (mesmo que não sejam certezas absolutas). Não conheço e não tenho ninguém para fazer (de verdade) algo para meu tal objetivo, e nem mesmo para conversar sobre coisas como o conteúdo do seu site… nem achei pela internet alguém. Às vezes acho que o tempo irá me mostrar o que e como devo fazer, pois também me mostrará oportunidade para tal (talvez até mais de uma…). Mas não gosto da idéia de ficar esperando enquanto tudo isto está acontecendo (humanos matando o planeta e os animais, humanos ainda dormindo e querendo continuar assim, reptilianos “governando” e “atacando”, e etc de ruim).
    Puxa, você nem imagina o quanto eu tenho para escrever e nem o quanto eu gostaria ainda escrever, mas acho que já escrevi o que deveria e o quanto deveria. Enfim, por favor, gostaria de umas “palavras” suas e dos uranianos que têm contato com você sobre estas palavras que estou acabando de escrever aqui. E gostaria de escrever também: meu corpo pode ser humano, mas eu não sou (nunca fui e nunca serei). E… etc, etc, etc.
    Obrigada pela atenção e pela oportunidade de escrever essas coisas aqui (que são sinceras e reais, e não “delírios de uma garota lunática”). Estarei visitando esta página nos próximos dias esperando resposta. Desejo todo o bem verdadeiro para você e para os uranianos.

    1. Gabriella.
      Você está entre amigos. E apesar de sua pouca idade, sinto que você é bastante determinada. E escreve muito bem!
      A princípio, gostaria que frequentasse a Portal Mundo Invisível do Orkut. Ela é uma comunidade fundada em 2005 e conta com uma infinidade de assuntos e opiniões que, com certeza, serão do seu agrado. Nós iniciamos também um trabalho no Facebook, faz poucos dias. A PMI do Facebook é muita nova, mas também tem o DNA de nossa PMI do Orkut.Convido você também para ouvir e participar do PVU, “Programa Vozes do Universo”, que está disponível para ser ouvido em todos os meus sites.Se você está desperta, eu fico feliz por você, porque faz parte de uma nova geração que já está vindo “reconectada” e isso agora tem muito valor, porque tudo está mudando e só os “despertos” poderão vislumbrar com equilíbrio as mudanças dimensionais que já estão ocorrendo.Volte sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s