Encontro 3D em Floripa – Um sucesso sem egos

Bruno Padovezze, Fábio Del Santoro, Maike Sierra e Carlos Torres

O Comando Uraniano nos avisa: É preciso transformar o planeta Terra em um planeta de consciência única. E para isso ele precisa deixar de ser um orbe ego-planetário.

Ora, não faria nenhum sentido que, sabedores desta informação, fossemos participar de um evento onde os egos sobressaíssem. E assim, aconteceu. Deixamos todas as previsões de final de mundo que muitos acreditaram e acreditam, e fomos lá com nossas bagagens físicas, espirituais  e extraterrestres. Eu, o autor Carlos Torres e o Terapeuta de energia quântica Maike Sierra nos unimos para transformar o encontro 3D em uma experiência única para todos nós.

A alegria e o carinho de todos para todos foi a marca deste Primeiro Encontro 3D

Cada um com sua experiência, cada um com sua visão, e respeitando as opiniões de todos, de uma forma harmônica. Harmonia que reinou desde o início, com a coordenação do evento feita por Bruno Padovezze e com todos que colaboraram para que as energias fluentes no local do evento, o restaurante natural Floresta Interior, recebesse o melhor que todos nós pudéssemos dar.

As pessoas que estiveram no local levaram muito mais do que energia superior até lá. Levaram a mensagem de que todos que estavam ali, queriam ter mais informações sobre o seu próprio despertar e o novo despertar  cósmico que está envolvendo o planeta de forma consciencial. Se você não participou deste encontro por qualquer motivo, não perca o próximo que acontecerá em 2013!

Anúncios

A alegria de ter uma alma uraniana, agora em Maringá, Paraná!

Cris é terapeuta holística

CRIS  REIK, do Rio de Janeiro,(http://crisreik.blogspot.com/ ) iniciou seu processo de reconhecimento de forma lenta, ao sentir uma forte emoção ao ler Conexão Urano 1 – A Roda Cármica. Ela mesmo relata, com suas próprias palavras.

“Meu caminho de ativação mental começou inconscientemente. Quando criança, tive contatos com seres extraterrestres, que só fui lembrar já adulta, com a regressão da memória feita com a supervisão e orientação de um médico e parapsicólogo. Sempre fui uma criança muito sensível, que segundo minha mãe, conversava muito com amigos imaginários e adorava conversar com as estrelas e tinha um sentimento inexplicável de saudades…depois fui crescendo e meus interesses e percepções foram dispersados pelos estímulos materiais.  Retornaram fortemente quando me iniciei como chela na Fraternidade espiritualista Tibetana, onde estudei e tive aulas de desenvolvimento mediúnico. Ali, além dos sonhos premonitórios que sempre tive, minha terceira visão se abriu e também a clariaudiência. Mas de 94 a 2002, fui novamente afastada por falta de tempo, devido ao trabalho profissional. Conto aqui para vocês como e quando se deu novamente a ativação da minha mente adormecida. É mesmo verdade que os livros do Del fazem parte de um processo de iniciação e ativação da mente adormecida!

O Fábio sabe como foi exatamente a ativação mental que ocorreu comigo, quando li seu livro Conexão Urano. A Roda Cármica, em 2008. Minha mente adormecida despertou quando eu, lendo um dos capítulos do Conexão 1, me vi com outros uranianos e muitos detalhes como um filme! Me emocionei e me alegrei muito por saber minha origem, que foi confirmada posteriormente pelo Comandante Uri. Estou compartilhando aqui agora com vocês, pois acho que chegou a hora de cada um buscar também a sua origem, seja ela qual for. E se vocês chegaram até aqui, é porque mesmo que incoscientemente, buscam essas verdades . E um caminho que indico para este conhecimento, são os livros e os estudos e pesquisas, ok? E como nada acontece ao acaso, antes de eu ter a confirmação da minha origem uraniana, recebi uma visitinha em sonhos que relato abaixo, o que consigo lembrar… pois este sonho ocorreru em 2008, antes de eu ver tudo acordada e antes da confirmação do Comandante Uri de Urano. O Fábio talvez lembre, pois enviei este sonho para ele por e-mail na ocasião.

Sonhei em 2008 que entrava no meu apto, uma linda borboleta azul. E começou a voar pela sala, depois pousou na minha cabeça e também no meu ombro direito. Eu falei com ela: não vá embora…e ela pousou na minha mão direita. 

Sinal materializado da presença uraniana

Achei interessante, que a cada vôo, ela ia deixando camadas de asas e ia diminuindo de tamanho, mas continua linda, viva e azul. E eu disse a ela: Sei quem vc é… disse isso, pois no sonho eu tinha a certeza que era um ser uraniano. E logo depois, ela se transformou num ser de corpo azul claro. Era um ser feminino e ainda criança, embora bem grandinha, tinha a cabeça gde e olhos puxados, amendoados…

Ela me abraçou sem me tocar, uma coisa inexplicável mais muito incrível e de uma energia muito amorosa. Conversou comigo telepáticamente e confirmou ser de urano. Ela disse que me visitou muitas vezes e eu a via em meus sonhos… algumas na forma de pássaro azuis.  Eu nem queria acordar de tão forte e boa vibração…foi maravilhoso!!! “

Uraniana captada por Rosa Teulb

Nesta semana, Cris teve mais um presente do universo uraniano, ao ter a imagem de sua alma uraniana, captada brilhantemente pela artista Rosa Teulb. Alguém que não leu meus livros, deve estar se perguntando: como alguém consegue captar a alma de alguém, sendo que esta alma é extraterrestre?  Ela não deveria pelo menos parecer com nosso corpo terrestre? A resposta, dada pelos uranianos a esta pergunta feita por mim no início dos trabalhos em 2000, foi sempre respondida da mesma forma:

Nós, seres de Urano, ao ficarmos presos pelas Leis da Roda Cármica na Terra, criamos corpos espirituais para habitarmos o planeta de vocês. Com isso, nos envolvemos em seus problemas, e nossas representações  como seres humanos nunca puderam saber a verdade, devido as Leis da Roda Cármica que envolvem a amnésia profunda, que não revela a verdadeira origem de cada ser humano. Agora, ao fim deste período reencarnatório, os Filhos das Estrelas já podem conhecer sua verdadeira origem, de onde vieram e para onde irão. A Terra da quarta dimensão será regida por Leis Universais, e não há mais motivo para que se esconda dos espíritos humanos a verdade sobre suas verdadeiras origens cósmicas”.

Eu agradeço a Cris Reik por confiar em meu trabalho e muito me alegra saber de sua alegria ao receber a cada dia , confirmações necessárias não para a alma, mas para o espírito humano e para a mente humana, que necessita de tais confirmações para conseguir desenvolver uma consciência uraniana de forma simples e segura.

Agora apresentamos um novo caso, onde Juliano Martins teve mais uma confirmação sobre a origem de sua alma extraterrestre, também uraniana. Juliano também procurou pelo trabalho de conexão cósmica de Rosa Teulb, que obteve a imagem abaixo.

Ela em São Paulo e ele em Maringá, Paraná. Assim como Cris, Juliano teve vários insigths com os uranianos . Mas precisava de uma prova mais contundente, feita por uma pessoa a quilômetros de distância e que ele nunca conheceu.

O mais importante nisso tudo é a felicidade, a energia que comanda os uranianos sobre a Terra, de sentirem-se unidos por elos quase invisíveis, mas que fazem toda a diferença. É mais uma confirmação que o trabalho dos uranianos é sério, e que estamos todos nos reeencontrando, agora com a autorização do Todo cósmico. Somos poucos até agora, mas somos bons. Parabéns Juliano!

O contato com os uranianos faz a gente desenhar!

Desde o início de meu contato com os seres de Urano, percebi que a sensação esclarecedora e amorosa que sentia, me levava a desenhar. Não sou desenhista, mas na hora que sentimos isso,  o que menos importa é como vai sair o desenho. O importante é despertar em nós o registro de que estamos tendo algum tipo de contato. E este registro é muitas vezes feito em forma de desenhos.   

Quando isso aconteceu comigo pela primeira vez, e isso ocorreu quando iniciaram meus contatos    telepáticos com uranianos e os seres de Antares, fiz desenhos como este ao lado, e percebi na hora que estava sendo influenciado por uma energia muito boa, que me fez desenhar até um pouco melhor do que costumava fazer geralmente.

Desenho inspirado por uranianos

Outro fato curioso e não menos importante, aconteceu com a amiga Cris Reik, que dias antes de eu ir visitar a artista plástica Rosa Teulb, me enviou este desenho, feito caseiramente. Mas ela me disse na ocasião. “Eu acho que a Tunia está por aqui.”

Ela não sabia que eu iria tentar obter um retrato através da capacidade de Rosa em se conectar com os seres extradimensionais. Mas foi isso que aconteceu.

Como contatar uranianos?

Horas depois, obtive o primeiro registro de Tunia feito por alguém que diz que não sabe desenhar. Nossa amiga Rosa é realmente muito modesta! E foi a partir desta imagem, que o artista plástico Paulo Bach deu tridimensionalidade para alguém da oitava dimensão.

Tunia agora estava pronta para ser a capa de Conexão Urano 4 e para continuar nos incentivando a contatá-la sempre que possível. Tanto que ela fez parte do cartaz que criei para minha palestra.

Mas os exemplos não param por aí. Cris Reik também consultou Rosa para ter o retrato de sua alma uraniana, e novamente, os

uranianos nos mostraram o quanto eles são parecidos entre si, e o quanto são diferentes!

Os uranianos também entraram em contato com Rosa para que ela desenhasse outra personagem do Comando Uraniano na Terra e assim foi feito!

Outros amigos e leitores também sentiram algo diferente que os levaram a desenhar, como o amigo César Alves e a

amiga Fernanda Lupina, que desenhou uma Tunia mais infantil e não menos doce, ao redor de seus parentes distantes, os golfinhos.

Por este poucos exemplos, acredito que outros virão em breve. Vejam este uraniano que intuiu nosso amigo de Curitiba, Guarany Jr. a desenhar um uraniano. Estas pessoas se conectaram com a energia uraniana e isso é um excelente sinal. Sinal de que existe uma conexão real e que pode ser demonstrada através de pessoas diferentes, que moram em lugares diferentes e que sentiram-se motivadas em registrar isso em forma de desenho, assim como eu faço através dos livros que escrevo. Para encerrar, uma das incríveis montagens de Cláudio Peque para nossa fan page no Facebook: A Filha Das Estrelas!

E também o desenho no estilo HQ do artista plástico  Elton Thomasi.

Quem sabe você que está me lendo agora também não fará um desenho dos uranianos ? Nunca se sabe…

A ENERGIA DE CURA URANIANA – MAIS UMA EVIDÊNCIA

Detalhe da foto enviada pela leitora Tatiane

Já faz algum tempo que pessoas tem relacionado a  energia uraniana com a cura em corpos físicos  humanos. Eu sempre tomei muito cuidado ao  afirmar isso, porque entendo que precisamos de  muitas experiencias para que esta comprovação  venha e se firme  naturalmente. Não é uma questão de fé, e  sim uma questão de prática e constatação. Como já  comentei no PVU, já tive a oportunidade de utilizar  a energia extraterrestre para momentos de cura em  corpos humanos, e com sucesso! Também não  posso deixar de citar as experiencias de cura das  reikianas  Cris Reik e Márcia Ferraro, que também  são almas uranianas. Não sabemos ainda se é uma coincidência, mas as pessoas  que possuem ligações com Urano são coincidentemente médiuns de cura também. Como estamos no início de todo este conhecimento uraniano, apesar de tantos livros publicados e deste caminho que percorro já a mais de dez anos, a questão da cura uraniana, aos poucos, começa a tomar corpo. Na semana passada, recebi este interessante e-mail com mais um depoimento sobre cura e uma correlação de fatos com o livro “Tunia. Falando com os Humanos” que nos levam a algumas conclusões não precipitadas. Vamos a ele.

“Olá, Fábio!
Relutei  muito antes de escrever esse e-mail à você, pois as experiências divinas que tenho, costumo compartilhar só com os amigos mais próximos. No entanto, um amigo que me apresentou os seus livros e o universo uraniano, disse que seu trabalho deve ser árduo, e que experiências como a minha ajudam a ver que tudo vale a pena, e que sua missão está sendo realizada com sucesso.Vou resumir a história para não ficar longa e chata! Vou há muitos anos para São Thomé das Letras e sempre tive contato com energias de outras dimensões, como luzes, vozes,  objetos que via no céu, etc…mesmo sem saber nada sobre o assunto e nunca ter estudado. Para mim, sempre foi evidente a vida em outras galáxias e dimensões, isso é tão óbvio, que já nasci acreditando nisso. O que mudou, de uns tempos pra cá, foi ter lido seu livro Tunia, aí tudo começou a fazer mais

Tatiane com a energia do lado do ombro curado. Observe o rosto dentro da energia.

 sentido. Eu estava com um problema muito sério no meu ombro, estava com uma calcificação e uma lesão no tendão supra-espinhal, já tinha realizado tratamento e nada funcionou, então o médico marcou a cirurgia, pois eu sentia uma dor terrível! Esse meu amigo querido, me disse para ter mais fé, que eu não ia para cirurgia, que tinha que procurar cura alternativa. Eu até ri dele, imagina só uma lesão de tendão simplesmente desaparecer, é impossível! Aí, como uma pisciana esotérica que sou, fui para São Thomé me energizar, quem sabe eu poderia ficar melhor para a cirurgia, pois tenho muito medo de médico e estava apavorada com a ideia de ir para uma cirurgia. Mas até então, nem conhecia os uranianos. Nem nunca tinha ouvido falar neles. Uma das fotos que tirei, aparece uma luz azul em cima do meu ombro com um rosto parecido com um extraterrestre. Achei interessante, e mandei a foto para o meu amigo, dizendo que as energias de lá tinham me feito bem e que tinha até saído uma luz com um rosto bem no ombro ruim. Ele ficou impressionado e me indicou seus livros, site, etc. Quando comecei a ler Tunia, tudo vez sentidos, as bolas azuis que sempre tive contato em São Thomé, e mais do que isso, era o rosto dela, ou de alguém de lá que tinha saído na minha foto. Bem, resumindo a história, que é cheia de detalhes e coisas inacreditáveis, eu fui ao médico há um mês e ele me disse que não preciso mais ir para a cirurgia, a calcificação diminuiu e a lesão de tendão SUMIU. Fábio, fico muito agradecida a essa energia maravilhosa e a seus livros! Por isso, resolvi contar a minha história e mandar as fotos!
Um abraço perfumado!”
Tatiana Tribek

Não queremos provar nada neste momento, nem com os casos ocorridos e nem com os casos que virão. Mas é necessário refletir sobre a presença da energia uraniana entre nós, muitas vezes de forma curadora. Agradeço a Tatiana pela liberação das imagens, que certamente dão mais peso a experiencia em si, e incentivará outras pessoas a enviarem casos de cura que possam ser relacionados com os seres de Urano que estão entre nós.

Experiencia de TCI captura aspectos de seres extraterrestres

Detalhe de mão extraterrestre registrada por Fabio Del Santoro

Hoje vou usar o espaço dedicado aos Seres de Urano, para tratarmos aqui de uma nova experiência que fiz para tentar capturar novas imagens de seres extraterrestres. Desta vez, usei uma tv antiga, de tubo, uma camera fotográfica, e usei a técnica de mudar de canais constantemente, fazendo fotos destas mudanças . Bati por volta de 70 imagens. É importante destacar que assim como na telepatia, sua vontade é importante neste processo. Nossa vontade para eles (seres extradimensionais) é como um sinal verde para uma tentativa de comunicação. Para minha surpresa, apenas 2 imagens chamaram minha atenção, e vou reproduzi-las aqui. Elas não foram manipuladas. Apenas melhorei o brilho e o contraste para que pudessemos avaliar melhor. Em uma delas, em um canal que saiu fora do ar inexplicavelmente, vemos claramente a mão de um ser extraterrestre. Ela tem o polegar bem mais afastado dos outros dedos. Diferentemente da mão humana, o dedo indicador é o maior dedo presente . E ela só possui 04 dedos! Veja você mesmo. Este é um detalhe da foto, maior, que reproduzo aqui também. Na foto maior, não tão clara quanto a foto acima, podemos ver o reflexo da parede da sala onde existe um pequeno quadro, e também podemos observar a silueta delgada de um ser de perfil, de corpo inteiro. Observem o

As setas indicam a mão e a cabeça do ser extradimensional

comprimento do braço do ser. Provavelmente esta mão pode ser dele, ou de outro ser que estava ali se deixando registrar naquele momento. Muito bem.

Como se não fosse o bastante, outra imagem me chamou bastante atenção. E esta sim pode ter algo a ver com a raça uraniana. A imagem mostra uma cena de um comercial de tv, ou de um filme. Eu não sei porque fui mudando os canais com muita rapidez. Mas observem o tamanho do pescoço da moça. É quase 30% maior que  um pesçoço comum humano. Observem também uma luz azul praticamente colada ao pescoço e também mais abaixo. Parecem pigmentos de luz, e sei que quando isso acontece, eles estão manipulando a imagem de alguma forma. Veja a foto em detalhe. Observe que existe

Setas indicam a coloração azulada e a face na vertical

uma formação muscular que sai do ouvido da moça e vai praticamente até a base do pescoço. Depois, olhando com mais atenção, pude perceber a presença de um rosto Et, também na base do pescoço, só que de forma vertical, no sentido do pescoço. Diante

Pescoço alterado por energia ET no tamanho e forma

destas imagens, talvez um pouco assustadoras para muitas pessoas, sei que precisamos acostumar nosso cérebro e nosso olhar para as diversidades do mundo extra-físico. Muitos de nossos amigos estelares não são como nós fisicamente, e isso pode causar repugnância, mêdo e até pânico. Mas acredito que seja mais importante analisarmos o caráter destes seres, diante de um momento onde o encontro parece inevitável. A cada dia que passa, sabemos que não estamos sós. Resta saber como iremos agir diante de uma realidade tão diferenciada.

Porque nosso contato com humanos ainda é virtual?

“Na Terra, existe a possibilidade do contato virtual porque somos seres que podemos gravitar ao redor do planeta de vocês em corpos físicos. Não tencionamos entrar no ambiente terrestre até que suas leis reencarnatórias possam ser atenuadas ou eliminadas no que se refere aos extraterrestres de forma absoluta. Portanto, fazemos contato virtual

com nossos representantes em corpos humanos, ou seja, estamos próximos a eles, sabemos realizar o contato, mas de forma a não estarmos fisicamente perto deles, porque simplesmente não podemos. Portanto, toda e qualquer aproximação se dará de forma virtual, onde nossas ondas vibratórias serão notadas por vocês que já se acostumam com nossa presença, mas que não conseguem nos ver porque não somos visíveis a olho nu. Somos visíveis a alguns equipamentos porque a freqüência é notada, então podemos dizer que mesmo virtualmente, emitimos calor, criamos zonas de descanso para nós e nossas naves, que materialmente estão vibrando na Terra de forma plasmática e nossos corpos azuis estão presentes em ondas de calor e fluídos gasosos, quase imperceptíveis ao frágil olho humano.Virtualmente é mais seguro para nós e para vocês, e mesmo assim, devido, a grande materialidade terrestre somos obrigados a tomar alguns cuidados, porque nossa massa virtual pode parecer real diante dos olhos humanos, e na verdade nós não estamos ali fisicamente, apenas virtualmente, em corpo denso, liquido ou gasoso. Nós não podemos freqüentar a Terra de outra forma, a não ser assim, e nossa resistência ao oxigênio é muito pouca ainda para apressarmos a convivência entre nós e vocês. Nós podemos criar tempestades em seus territórios, podemos criar furacões e chuvas ralas, podemos abrir nuvens no céu e transformar o sol em chuva constante em pleno dia, a qualquer hora. Mas não fazemos nada disso sem um motivo necessário, autorizado pelo Todo. Uma nave uraniana presente na Terra sempre estará virtualmente presente nos dias de hoje, para que não aconteçam mais acidentes como o narrado pelo Capitão Vitzo.

A presença de humanos em nossa nave nos anima, mas não é uma prioridade. Muitos de vocês não suportariam ver nossas imagens, de como somos de verdade e não queremos proporcionar momentos de choque emocional para vocês. Aos poucos, em viagens coordenadas pelo Todo, vamos participando cada vez mais de suas vidas e isso para nós é de muita importância. Eu me solidarizo com todos os uranianos que estejam neste momento no planeta Terra e peço que entendam o porquê de tantas limitações entre o seu mundo e o nosso mundo atual. Somos seres que respeitam o próximo e não queremos lhes causar qualquer infortúnio.”

Trecho extraído do “Livro dos Uranianos”,  de Fábio Del Santoro