Mensagem do Comando Uraniano para os “Necessários”

Anúncios

Na terceira dimensão, você está cego para o universo.

Mais de 500 páginas sobre o mundo uraniano

“Uma das coisas que mais me chamam a atenção nos seres humanos é a sua insistência em achar que a vida em outros planetas está disponível para o seu sistema de 3D. O que quero dizer com isso? Em todas as encarnações que tive como ser humano, percebi que o homem sempre subestima o complexo universal das dimensões. Ele subestima porque seus cientistas não sabem e não divulgam o que sabem sobre as dimensões. Eles dizem que não podem provar a existência de outras dimensões, assim como não podem provar a existência de vida em outros planetas. O que talvez eles ainda não saibam, e com certeza a população do planeta Terra não sabe, é que estes dois fatos estão interligados. Ou seja: seres que habitam outras dimensões superiores não podem ser vistos a olho nu por seres que habitam dimensões inferiores, a não ser que queiram ser vistos. Como o homem quer ver os habitantes de Marte, se eles não são e não habitam a terceira dimensão? Mesmo o planeta Marte que vocês da Terra conseguem ver fisicamente não corresponde ao planeta Marte original. Os homens da Terra estão vendo o planeta que podem ver, com os olhos cegos da terceira dimensão! Uma Lei Universal explica isso da seguinte forma: Se você habita uma dimensão inferior, contente-se com o que esta dimensão lhe oferece. Se você está nela, ela está em você. E não há como mudar isso. Os humanos que habitam outras “Terras” sabem e conseguem ver os habitantes de Marte, de Plutão e de Vênus sem nenhum problema. Sim, existem outras “Terras” iguais à de vocês da terceira dimensão.”         Trecho do Livro dos Uranianos

O triângulo de Sierpinsky foi descoberto pelo matemático Waclav Sierpinsky (1882-1969) É obtido através de um processo iterativo de divisão de um triângulo equilátero em quatro triângulos semelhantes.Visto um destes quatro triângulos estar invertido (em relação ao original), é retirado do triângulo original, sobrando apenas os outros três. Repete-se no passo seguinte o mesmo procedimento em cada um dos três novos triângulos com a orientação original, e assim sucessivamente. O fractal obtido é estritamente auto-semelhante, ou seja, as partes da figura são cópias reduzidas de toda a figura, apresentam uma beleza e harmonia ímpares. Pode-se generalizar o triângulo de Sierpinsky para uma terceira dimensão, obtendo-se assim a pirâmide de Sierpinsky. (Fonte: Galeria dos Fractais)

Veja também: “Vocês vivem dentro de uma pirâmide”